Erro plugin java no Firefox – Debian Squeeze

Tive a sorte de ter 2 problemas diferentes relacionados ao plugin flash no Firefox. O primeiro foi que o Firefox usa uma nova geração do plugin flash, que eu descrevi aqui, e depois de resolver este problema apareceu outro, dava erro quando o plugin java era acionado, surgia a mensagem no console de erro do mesmo: “Network is unreachable”.

Felizmente encontrei a solução nesse site: http://pvaneynd.livejournal.com/132635.html

Como root execute os comandos abaixo:
# echo 0 > /proc/sys/net/ipv6/bindv6only
# echo "net.ipv6.bindv6only = 0" > /etc/sysctl.d/bindv6only.conf

E…

Pronto, agora o java tem que pegar😛

Configurando plugin java no firefox 3.6 com Linux

Após eu atualizar o meu firefox para a nova versão 3.6 notei que o plugin do java não estava funcionando, depois de várias tentativas para fazer o plugin funcionar falharem, fui até meu amigo google buscar uma solução e cheguei até esse link:
http://support.mozilla.com/ta/forum/1/554389

Parece que existe uma “nova geração” de plugins do java, e a partir do Firefox 3.6 só vai funcionar com esse plugin, antes o plugin ficava no caminho:
"Pasta_do_Java/plugin/i386/ns7/libjavaplugin_oji.so"
Agora o certo é:
"Pasta_do_Java/lib/i386/libnpjp2.so"

Para fazer o plugin funcionar, você deve ir até a pasta de plugins do firefox que normalmente é:
"/usr/lib/firefox/plugins"

E criar um link com o comando abaixo, substituindo o {Pasta_do_Java} pelo caminho da pasta do java:
ln -s "{Pasta_do_Java}/lib/i386/libnpjp2.so"

Agora funciona😀

Se você usa o Ubuntu, pode fazer o seguinte, vá em Aplicações depois acessórios e abra o o terminal, no terminal digite o comando abaixo:
sudo apt-get install sun-java6-plugin
e depois os dois comandos abaixo:
mkdir ~/.mozilla/plugins
ln -s /usr/lib/jvm/java-6-sun/jre/lib/i386/libnpjp2.so ~/.mozilla/plugins/libnpjp2.so

E deve funcionar😀

Caso use o Debian Squeeze pode ser que não funcione direito, então dê uma olhada nesse post.

Dúvidas? Comente😉

Reembolso do Windows Vista no Micro DELL (Venda Casada)

É a velha história, você compra um computador, e junto vem o Sistema Operacional. Eu comprei um computador que tinha o Windows Vista, mas depois de ir ao Procon de Maringá eu consegui que me reembolsassem 214,00 reais do S.O (Windows Vista).

Bad-Vista

Bad-Vista

Em Agosto de 2008 resolvi comprar um computador de mesa DELL que estava em promoção, daí eu queria reduzir mais um pouco o valor e pedi para o vendedor que retirasse o Sistema Operacional pois eu uso Linux e o vendedor disse:
– Desculpe, mas essa maquina não pode ser vendida sem o Vista, se o senhor quiser pode optar por uma outra maquina sem o Sistema Operacional, mas essa da promoção não dá para tirar.
Tudo bem então, eu disse, mas eu lembrava de ter visto no BR-Linux o caso do Vinicius Andre que relatou que havia conseguido o reembolso em 02/01/2008, e deixou algumas dicas de como proceder, então eu deixei rolar a compra, a DELL simplesmente teria o trabalho posterior de devolver o dinheiro do SO.
Então quando a maquina chegou e eu a liguei, logo que o windows ligou aparecia os termos de licença, em um paragrafo dizia:
“Se você não concorda em utilizar o sistema instalado entre em contato com o revendedor e solicite o reembolso”
Então eu instalei o Debian por cima e liguei para a Dell solicitando o reembolso, negaram que a pratica era ilegal, e disseram que eu tinha aceitado, e que isso estava registrado lá, que não poderia ser devolvido o windows, que se eu quisesse eu podia devolver o computador todo e comprar um modelo que não tivesse o Sistema Operacional. Usei vários argumentos que eu tinha visto no post do Vinicius, mas nada adiantava, parece que eles foram treinados para negar e ensinaram várias alegações. Então eu solicitei o numero de protocolo de atendimento e disse que iria entrar em contato com o Procon para resolver o caso, e foi o que fiz.
Leia mais deste post

Instalando o OpenFire no Debian Etch

Olhando as estatisticas do meu blog, percebi que muitos buscam informações sobre a Instalação do Openfire, e caem em um post antigo meu sobre a instalação de um plugin de Logs em uma versão anterior do Openfire. Então resolvi criar este tutorial para as pessoas finalmente consigam encontrar a informação desejada😀 .

Utilizei o Debian Etch 4 (Instalação básica), para fazer a instalação, mas acredito que este tutorial pode ser utilizado para o Ubuntu sem mudança, e também para qualquer outra distribuição, desde que tenha o servidor mysql instalado. O MYSQL não é necessário para instalar o Openfire, pois ele possui um banco de dados próprio, mas é recomendado instalar pois o desempenho é melhor.

Leia mais deste post

VMWare Server – Erro no dispositivo vmnet1

O VMware tem um recurso muito interessante que são as redes virtuais, sendo uma delas a vmnet1, que é uma interface que apenas o computador local tem acesso, e com ela você pode criar uma rede virtual que apenas as maquinas virtuais e o seu computador tem acesso.

Ela funciona muito bem, mas quando eu coloquei uma maquina virtual no VMWare Server para iniciar automaticamente ao ligar o Linux, comecei a ter um problema, quando o Linux terminava de iniciar seus processos e a maquina virtual era inicializada surgia o seguinte erro:

Could not get interface flags for vmnet1: No such device ethernet0 will start disconnected

Que informa que não foi encontrada o dispositivo vmnet1 e a rede vai ser iniciada desligada. Isso acontece por que a maquina virtual é iniciada logo depois das interfaces virtuais de rede do vmware. Como não encontrei uma solução na internet, eu fiz uma pequena gambiarra:

Abra o arquivo /etc/init.d/vmware (que é o arquivo que inicia o servidor VMWare, interfaces e as vm’s), procure pela linha inicia asmaquinas virtuais, e acrescente o comando sleep (em negrito) antes da linha “Starting VMware virtual machines…”

if [ “`vmware_product`” = “wgs” -o “`vmware_product`” = “vserver” ]; then
if [ -e $vmware_etc_dir/vm-list ]; then
sleep 8
vmware_exec ‘Starting VMware virtual machines…’ \
“$vmdb_answer_SBINDIR”/”$serverd” -s -d
fi

Com isso antes que as maquinas virtuais sejam iniciadas vai haver uma pausa de 8 segundos, tempo suficiente para que os dispositivos do VMWare sejam iniciados (se não funcionar, aumente o valor do sleep).

 

Visualizador de Logs do OpenFire

NOTA:
A atual versão do Openfire (3.5.2) possui um plugin próprio para log das conversas dos usuários, não sendo mais nescessário o uso do plugin IBALL, eu fiz recentemente um tutorial de como instalar o Openfire. Vale a pena instalar, ele está muito bom😀

——————————————————
Antes de mais nada, o Openfire é um servidor de mensagens instantâneas que utiliza o protocolo aberto XMPP (Jabber, o mesmo que o Google Talk usa), com ele é possível montar um servidor de mensagens em uma intranet e até mesmo disponibilizar na internet caso necessário.

Ele é muito utíl caso a empresa deseje criar um ambiente de comunicação entre seus funcionários mas não quere utilizar os meios comuns (como MSn ou Gtalk), em sua versão livre ele possui varias ferramentas uteis para sua administração, mas falta um gerenciador de log, para ver o que os utilizadores estão conversando ou buscar antigas conversas que comprovem afirmações e blá blá blá, já que esse meio de comunicação pode ser usado pelo lado negro da força.

Vamos ao visualizador de logs, o I-Ball Chat Auditor (versão adaptada) permite visualizar as conversas de acordo com o critério escolhido na busca, que pode ser por data, periodo, usuarios ou então por dialogo. Para instalar o plugin é tão simples quanto instalar o servidor, basta baixar o arquivo iball_auditor.jar , e copia-lo para dentro da pasta plugin que fica onde foi feita a instalação do OpenFire. Então na interface de administração entre na aba Plugins e vai ver que o plugin foi instalado, e duas novas opções vão aparecer, uma na aba Servidor, e outra na aba Usuários/Grupos conforme as figuras abaixo:

Iball 01 / iball1.png

É isso ai, resolvi postar por que foi um pouco difícil achar um plugin gratuito para visualização dos logs do Openfire. Se alguém quiser saber como fazer a instalação é só perguntar.

Instalando o Pidgin 2.2.0 no Debian Etch

Saiu versão 2.2.0 do Pidgin, foram feitas algumas correções e adicionadas algumas novidades que são descritas no site www.pidgin.im .

Pidgin

Abaixo vou fazer a descrição de como instalar o Pidgin 2.2.0 no Debian Etch, já que não tem pacotes pré-empacotaos =P

Leia mais deste post